Nossa Responsabilidade

A RESPONSABILIDADE DA FIXAÇÃO

Toda obra busca a excelência em seu projeto e execução. Isso significa realizar todas as etapas com o mais alto nível de precisão, sem comprometer o equilíbrio e sem resultar em perdas, despesas e, principalmente, colocar em risco a segurança do projeto e das pessoas.

É fundamental que até mesmo os pequenos detalhes sejam observados, pois alguns mínimos pontos podem resultar em grandes problemas.

De um modo geral, a fixação se trata da união de um ou mais elementos entre si, ou entre uma determinada base ou estrutura.

Para determinar que a fixação seja efetiva e atenda à expectativa para o qual fora dimensionada, é necessário conhecer e avaliar todas as variações que atuam sobre o cenário, analisando o tipo de material base predominante, a relação entre os esforços atuantes no sistema e a qualidade do material empregado para concluir a definição do fixador mais indicado para a aplicação.

Sistemas de fixação são projetados e desenvolvidos tecnologicamente acompanhando os mais modernos meios construtivos, os quais são elementos que propiciam nestes, alto grau de confiabilidade, redução de custos e a segurança necessária que facilitam e agilizam todo o processo.

A correta utilização dos sistemas de fixação

A fixação representa uma parcela muito pequena do valor global de uma construção, seja uma obra pequena, média ou grande. Porém, esta parcela está envolvida em situações de âmbito estrutural ou atribuída às solicitações de alto grau de responsabilidade.

Por esse motivo, é necessário se atentar aos procedimentos e recomendações estabelecidas para cada produto. A falha ou deficiência de um fixador, resultante de sua aplicação incorreta ou mesmo um mau dimensionamento, pode provocar inúmeros transtornos quanto a não efetividade do sistema, ou até, em casos mais extremos, o risco à vida.

Em virtude do grau de complexidade da ancoragem ou do nível de segurança exigido, fatores como o aumento do coeficiente de segurança estipulado por produto, ou mesmo do acréscimo de pontos de fixação, devem ser analisados primariamente pelo profissional responsável antes de realizar o dimensionamento dos sistemas de fixação.

Segurança e resultado

Grandes projetos exigem profissionais altamente qualificados, comprometidos com todos os detalhes e principalmente com o resultado final.
Por vezes, a falta de informação quanto às opções e vertentes dos sistemas de ancoragem conduz a dimensionar e/ou especificar elementos que nem sempre são a melhor opção de resultados financeiros, no desempenho da aplicação e principalmente de segurança.

Em outros casos, a escolha dos sistemas é devidamente avaliada desde o projeto, mas a cada etapa podemos ter complicações como substituição por produtos similares (com qualidade e resultados não comprovados), ou por problemas na aplicação (por falta de conhecimento, experiência ou falta de ferramentas necessárias) e, no final, o resultado não atende o esperado ou planejado.

Por isso é muito importante que a cada etapa de definição, compra e instalação dos sistemas de fixação, seja realizado o acompanhamento e a inspeção para assegurar que os processos sejam concluídos com êxito!

Observe a sua volta. Tudo que é construído tem de alguma forma um elemento de fixação.
E cada item fixado tem função primordial e está relacionado à segurança e integridade de tudo ao seu redor.

Sistema de Fixação deve ser considerado um elemento simples de solução e segurança no processo construtivo e não o foco causador de problemas ou riscos.

PROFISSIONAIS DE ELITE

Cada vez mais falamos em profissionais qualificados, comprometidos e atuantes em todos os detalhes e principalmente com o resultado final. Em uma obra também é exatamente isso que se busca!

Faça a diferença, participe na busca de conhecimento, critério, exatidão e responsabilidade.
Seja um Profissional de Elite!

Para mais detalhes de como participar do Programa Profissionais de Elite, entre em contato.