Fixação de guarda-corpo

Qual chumbador utilizar para fixar guarda-corpo?

Guarda-corpo é uma proteção à meia altura presente nas faces laterais de escadas, terraços, balcões, rampas, varandas e sacadas. Ela pode ser feita de diversos materiais, mas o mais comum é a combinação de chapas de vidro temperado e ferragens de alumínio ou aço inox, por serem opções resistentes à umidade. Mas qual chumbador utilizar para fixar guarda-corpo? Leia esta dica até o final e descubra.

É muito importante utilizar produtos de qualidade na hora de fazer este tipo de instalação, uma vez que o guarda-corpo deve garantir a segurança do usuário. Por isso, existe uma norma que fala sobre a correta fixação de guarda-corpos para edificações. É a Norma ABNT NBR 14718.

Segundo ela, para ancoragem estrutural do guarda-corpo – ou de seus componentes – à laje de piso ou à cinta de concreto podem ser utilizados inserts, pinos, chumbadores fixos ou de expansão e grapas. O banho das peças também não pode ser qualquer um: é preciso que os itens sejam em aço inoxidável AISI 302, 304 ou 316. A exigência, inclusive, se aplica aos parafusos que forem utilizados.

A norma também recomenda que a profundidade mínima de penetração dos elementos de fixação ao concreto não seja inferior a 90 mm, independentemente da espessura de eventuais revestimentos.

Qual o melhor produto Âncora para fixação de guarda-corpo?

Com base na norma, para fixação de guarda-corpo a Âncora costuma indicar a seus clientes a utilização de inserts e pinos. Para isso, dentro de seu amplo leque de produtos, recomenda a utilização do chumbador químico AQI 380 PRO – Metacrilato, porque as áreas costumam ser bem próximas da borda, o que exige um sistema de ancoragem de aplicação rápida e de alto desempenho.

O AQI 380 PRO é um sistema de ancoragem adesiva por injeção, de cura rápida, e seu bicomponente é à base de metacrilato/vinilester para altas cargas. É uma excelente solução para fixações em concreto fissurado, não fissurado, alvenaria sólida e vazada, rochas e pedras naturais rígidas.

Ele tem diversas certificações: ETA opção 1 (ancoragem de barras roscadas e vergalhão em concreto fissurado, não fissurado e sob condições sísmicas); ETA TR023 (conexões de vergalhão pós-instalado); ETA – ETAG029 (ancoragem em elementos de alvenaria); resistência ao fogo F120 etc.

Gostou desta dica? Então nos acompanhe em nossas redes sociais para não perder as próximas: Facebook, Instagram e LinkedIn. Também estamos no YouTube.

Até a próxima!

Post Relacionados